Aprenda Como Usar o Seguro Viagem

Viajar com frequência é uma sambição da grande maioria das pessoas.

Afinal, cada país do mundo é capaz de oferecer uma experiência diferente em termos de cultura, gastronomia, paisagens, lazer...

Uma das únicas formas de aproveitar o melhor de cada um dos seis continentes é com tranquilidade e planejamento – algo que muitas pessoas costumam deixar em segundo plano.

Além dos gastos com a viagem em si, hospedagem e itinerário, há um ponto muito importante a ser levado em consideração antes de embarcar: entender como funciona um seguro de viagem.

Mas em meio a tantas seguradoras, planos disponíveis, como escolher o mais adequado para cada perfil de viajante?

Ao contar com um comparador prático, ágil e eficiente, isso se torna mais simples de ser feito, sendo ideal saber como usá-lo.

Entenda como funciona um seguro de viagem

Um seguro de viagem nada mais é do que uma apólice que engloba diferentes tipos de coberturas para necessidades específicas.

Entender mais sobre seguro viagem como funciona vai além de saber se ele é obrigatório ou não para o país a ser visitado, incluindo, também, o planejamento das atividades a serem feitas e a análise de cada indivíduo que vai embarcar.

É por isso que contar com versatilidade de planos e variedade em cada seguradora que ofereça esse serviço é essencial!

Basicamente, ao adquirir um seguro de viagem, é preciso ler cada apólice disponibilizada e cruzar seus planos com o as atividades previstas, sejam elas voltadas para lazer, trabalho ou estudo.

Há mais a ser levado em conta na hora de escolher o plano ideal para cada grupo de viajantes ou indivíduo, sendo importante compreender cada ponto sobre essa fundamental escolha que promove bem estar e qualidade de vida ao viajar.

Em que países é obrigatório ter um seguro de viagem?

Existem diversos países que tornam obrigatório o seguro de viagem para que seja permitida a entrada, como Cuba, Alemanha, Estônia, Dinamarca e muito mais.

Mas mesmo aqueles que não exigem deixam claro a necessidade de contar com um. Afinal, imprevistos acontecem e é preciso estar preparado para eles! Alguns problemas comuns que podem atrapalhar uma viagem incluem:

  • Despesas médicas, farmacêuticas e odontológicas;
  • Problemas com bagagem;
  • Atraso de voo;
  • Necessidade de contar com traslado ou regresso;
  • Morte ou invalidez e mais.

Ninguém deseja passar por nenhum tipo de angústia do tipo ao viajar, mas infelizmente é impossível prever quando uma adversidade acontecerá.

Por isso, tornar obrigatória a adição de uma apólice de viagem em seu planejamento é fundamental!

Qual assistência de viagem escolher?

Sabendo da importância de contar com um seguro de viagem, uma outra dúvida frequente dos viajantes inclui escolher a melhor seguradora para isso.

Existem dezenas de assistências de viagem que oferecer seguros para os mais diversos locais do mundo. Para saber em qual confiar, primeiramente é preciso ter em mente, mesmo que de forma superficial, alguns fatores:

  • O local da viagem;
  • Os principais riscos envolvidos no passeio;
  • As necessidades específicas de cada viajante;
  • A duração da viagem;
  • As principais atividades que serão realizadas;
  • A presença de doenças e condições pré-existentes e mais.

Em resumo, é preciso planejar a viagem. Cruzando as informações obtidas nesse planejamento com os planos disponibilizados pela seguradora, se torna muito mais simples garantir a opção ideal.

Quais são as coberturas incluídas em um seguro?

Entender sobre Seguro Viagem como funciona demanda a leitura paciente e atenta de cada cobertura a que se tem acesso.

Afinal, cada plano oferece um tipo de cobertura diferenciada. Ainda que existam planos mais básicos e completos, nem sempre eles são perfeitos para as demandas acima citadas e para todos os perfis de viajantes.

É por isso que os passos recomendados devem ser seguidos por quem busca garantir o máximo de tranquilidade possível durante a realização de qualquer passeio.

Qual o valor de uma assistência ao viajante?

Assim como os planos oferecidos pelas seguradoras, o valor cobrado por cada um deles pode variar amplamente.

Ao falar sobre preço, é importante ter em mente que o preferido não deve ser o mais barato – e sim o que oferece o melhor custo-benefício.

Viagens mais simples e rápidas podem muito bem serem cobertas por completo através de planos básicos. Porém, mesmo nesses casos, é preciso ler a apólice ofertada atentamente para conferir se não há a necessidade de obtenção de coberturas adicionais.

As coberturas extras aumentam o preço de um seguro, mas nem sempre isso é uma coisa ruim.

Por exemplo, ao visitar a Europa, muitas pessoas gostam de esquiar. Sendo considerado um esporte radical, o esqui nem sempre é coberto pelos planos de seguro viagem.

Por isso, mesmo ficando poucos dias em locais com neve, quem deseja praticar essa atividade deve ficar atento à necessidade de garantir uma cobertura que impede que gastos enormes sejam feitos se algum acidente ocorrer.

A regra para entender mais sobre Seguro Viagem como funciona é, por tanto, buscar sempre que possível pelo melhor custo-benefício e não somente pela economia.

É necessário contratar um seguro de viagem?

Tendo em mente todos os pontos acima, torna-se claro que o viajante responsável deve sempre contar com um seguro viagem.

Cada continente traz consigo a possibilidade de viver experiências maravilhosas e inesquecíveis – e conferi-las pessoalmente é a única forma de aproveitá-las ao máximo.

Porém, de nada adianta ser uma viajante frequente se suas experiências forem arruinadas por imprevistos que podem acontecer a qualquer momento, sem aviso prévio.

A melhor forma de evitar que isso aconteça é através da contratação de um seguro de viagem que atenda a todas as necessidades pessoais dos indivíduos.

Um comparador de seguros online como o oferecido pela Real Seguro Viagem permite que isso seja feito do conforto de casa!

Ao adicionar dados simples, que incluem ida e volta da viagem e localidade, já é possível ter acesso a dezenas de opções de seguradoras e planos e escolher o mais adequado para cada passeio. Confira essa possibilidade!

São infinitas as pesquisas que buscam saber como funciona um seguro viagem. Afinal, não é de hoje que a grande maioria das pessoas são informadas sobre a sua importância, independentemente do local da viagem.

Porém, ainda que seja sabida a importância da contratação desse item, há quem aposte em viajar sem ele, o que pode causar uma série de problemas com o custo alto, e desagradáveis e que impossibilita aproveitar os bons momentos fora de casa.

Ao entender como funciona um seguro viagem na prática e contar com ele, a grande maioria das situações que impedem uma viagem de ser bem-sucedida podem ser evitadas, permitindo que todos envolvidos nela realmente se divirtam.

Afinal, como funciona um seguro viagem?

O seguro viagem tem como proposta oferecer aos viajantes coberturas que previnem grandes gastos e dessabores, oferecendo as opções de ressarcimento para as situações mais comuns que costumam comprometer uma viagem tranquila.

Assim como qualquer outro serviço, o seguro de viagem deve ser contratado levando em consideração as demandas de cada pessoa. Sua apólice deve ser lida, assinada e, em seguida, colocada em prática.

Qual é a importância do seguro viagem?

No momento de planejar um passeio, especialmente para o exterior, diversos cuidados são tomados. Malas, pertences e documentos são separados, a família é geralmente informada e pesquisas sobre o destino de viagem são feitas.

Porém, muitos falham em pensar sobre os problemas que podem ocorrer durante o passeio. Afinal, viajar é algo tão bom que é difícil acreditar que algo possa sair errado.

E é aí que mora o problema: sem o acesso a uma apólice de viagens completa e voltada para as necessidades de cada um, não existem maneiras de encontrar soluções práticas para esses imprevistos.

A importância do seguro viagem surge justamente em situações como essa. Uma vez que ninguém deseja extrapolar a quantia separada para o passeio, é mais do que interessante contar com uma boa cobertura.

Porém, não será possível fazer isso se não tiver sido efetuada uma contratação prévia a esse tipo de serviço. Ou seja, é impossível usufruir dos benefícios de um seguro de viagem caso uma emergência já tenha ocorrido.

Para ser coberto, é preciso que o seguro tenha sido contratado antes do incidente em questão.

Quais são os tipos de seguro viagem?

As seguradoras tem mapeado há anos os principais incidentes que costumar ocorrer durante as viagens.

Do minuto em que o viajante deixa sua casa, até o momento em que ele retorna a ela, milhares de problemas podem tomar forma a arruinar o seu passeio.

Problemas com trânsito durante o trajeto, acidentes, atrasos de voo, bagagens perdidas, problemas de saúde e a necessidade de atendimento hospitalar são apenas alguns deles.

A boa notícia é que, sabendo disso - e pensando nessas situações previamente, as seguradoras foram capazes de unir em uma única apólice soluções financeiras para todos eles.

Elas criaram planos diferenciados que aglomeram em um lugar só soluções pontuais e ideais para cada necessidade. Assim, surgiram diferentes tipos de seguros, como:

  • Seguro viagem familiar;
  • Seguro para viagens múltiplas;
  • Seguro para idosos;
  • Seguro para gestantes;
  • E muito mais!

Existem até mesmo seguros de viagem disponibilizados gratuitamente por cartões de crédito! Justamente em função de sua gratuidade, é importante saber mais sobre eles.

Seguro de viagem no cartão de crédito

Muitos cartões de crédito disponibilizam seguros de viagem gratuitos. Esse não é o caso de todo e qualquer cartão, sendo necessário checar com o banco de cada um deles a possiblidade de contar com esse serviço.

Porém, nos cartões que possuem essa facilidade, é possível observar alguns serviços, que são dados a partir de coberturas pré-determinadas e limitadas a alguns quilômetros.

Novamente, cada cartão oferece um valor máximo de cobertura e uma quilometragem a ser respeitada caso conte-se com ele. É importante se informar.

Além disso, é muito importante notar que os seguros de cartão de crédito são generalizados. Ou seja, em muitos casos, eles não conseguem oferecer a cobertura necessária para cada perfil de viajante.

Antes de decidir contar com essa opção é muito importante ler a apólice do seguro e checar quais são os benefícios que estão sendo oferecidos por meio deles.

Caso eles não cubram as necessidades da viagem, é essencial buscar por opções oferecidas em seguradoras.

Outros tipos de seguro de viagem

Tendo conhecido um dos principais planos de seguro viagem, o oferecido pelo cartão de crédito, é interessante saber um pouco mais sobre os outros tipos existentes:

Seguro viagem familiar

Essa opção de seguro visa contemplar a todos os membros de uma família que viaja em conjunto. Assim, torna-se desnecessário que cada membro adquira seu próprio seguro, gerando economia e praticidade.

Na hora de contar com essa opção, é essencial conhecer as necessidades específicas de cada um que fará a viagem, buscando coberturas que não deixem nenhuma delas de fora.

Seguro para viagens múltiplas

Esse tipo de seguro é ideal para quem ama viajar, para quem viaja constantemente à trabalho e para quem sabe que efetuará pelo menos mais de uma viagem em um período de doze meses.

Sendo geralmente válida por um ano, uma apólice múltipla de viagens busca contemplar as necessidades de um viajante em diferentes locais do mundo, em diferentes momentos.

É muito importante que ela seja o mais completa quanto possível, uma vez que as atividades feitas em um lugar do mundo não são exatamente as que serão executadas em outro.

Assim, para garantir uma real economia e os benefícios oferecidos por seguros de viagem, é importante estar preparado.

Seguro para idosos

A grande maioria das seguradoras tende a excluir pessoas de mais de 70 anos, em média, de suas apólices padrão. Isso acontece uma vez que não é raro que pessoas mais velhas venham a contar com maiores problemas, precisando de atenções especiais.

É por isso que um seguro feito exatamente para membros da terceira idade food criado. Ele traz mais conforto e se foca nas demandas do idoso, sendo feito especialmente para ele.

Seguro para gestantes

Há quem diga que gestantes não podem ou não devem viajar. Isso é uma grande mentira!

A verdade é que mulheres grávidas possuem necessidades especiais em relação às não-gestantes. Portanto, elas devem contar com um seguro perfeito para elas.

O seguro de viagem para grávidas cobre mulheres até uma quantidade pré-determinada de semanas, incluindo suas principais necessidades em um local só.

É muito importante ler atentamente a apólice contratada e se certificar de que ela caiba no quadro exato da gestação antes de viajar.

Como escolher o melhor tipo de seguro de acordo com a necessidade?

A dúvida em relação ao melhor seguro de viagem para cada necessidade é muito recorrente.

Existem diversas formas de responde-la, mas, antes de qualquer coisa, é preciso analisar alguns fatores:

  • Localização da viagem;
  • Orçamento;
  • Itens que estão sendo levados;
  • Duração da viagem;
  • Previsão de mais de uma viagem no mesmo ano;
  • Quantas pessoas embarcarão;
  • O perfil de cada viajante;
  • As atividades que serão feitas e muito mais.

Como é possível perceber, há muito a ser analisado antes de tomar uma decisão final. Porém, ao conhecer os principais tipos de seguro de viagem, essa escolha se torna mais simples.

Se nenhuma das opções acima contemplarem as demandas dos viajantes, é possível que o seguro tradicional deva ser contratado.

Apesar de seu nome, ele conta com coberturas vastas e com a possibilidade de serem adicionadas coberturas adicionais, que são específicas para determinadas situações.

Um exemplo clássico de cobertura adicional é a feita para esportes radicais. Muitas pessoas não sabem, mas a cobertura para acidentes de muitas seguradoras não inclui atividades radicais em seu escopo.

Esqui, bungee jump, rapel, rafting, surf e demais atividades podem não fazer parte de uma apólice de viagem padrão, sendo fundamental ler seus tópicos antes de escolher o mais indicado para cada viagem.

Uma boa forma de definir qual é o melhor seguro de viagem para cada passeio é por meio de um comparador.

Comparador de assistência de viagem

Muitos seguros, atualmente, são comprados de forma online. Porém, mesmo com essa facilidade, ainda pode ser difícil diversas opções diferentes e escolher entre elas.

É para isso que foi criado o comparador de seguros, como o que a Real Seguro Viagem oferece! Por meio dele, é preciso apenas adicionar o local para onde se viajará, algumas poucas informações prévias, como datas e pronto!

Aparecerá na tela de qualquer dispositivo (computadores, celulares tablets, etc.) diversas informações referentes aos principais seguros disponíveis para aquele lugar.

Assim, a decisão se tornará mais simples e será possível contar com uma seguradora que realmente ofereça proteção e tranquilidade.

Benefícios do seguro de viagem

Aqueles que ainda não estão convencidos de que é preciso adquirir um seguro de viagem antes de deixar o país – ou até mesmo o estado, podem se beneficiar ao conhecer alguns de seus benefícios.

Porém, antes de qualquer coisa, é preciso saber que, em alguns países, esse documento não é opcional. Alguns países da Europa podem ser citados como exemplo.

Ainda que o seguro de viagem não seja obrigatório em todos os lugares, só deixam de contar com ele aqueles que não se preocupam em gastar grandes montantes com imprevistos. Aliás, um dos maiores benefícios da contratação de uma assistência de viagem é justamente a economia!

Economia

Conforme citado, a redução de gastos com imprevistos é um dos principais benefícios a serem citados em relação à contratação de uma seguradora de viagens.

Isso é válido especialmente para emergências médicas no exterior e a possível necessidade de uma internação hospitalar.

Afinal, na grande maioria dos países, não existem assistências médicas gratuitas, como é o caso do SUS – Sistema Único de Saúde no Brasil.

Inclusive, as contas em hospitais, pagas em remédios e deixadas em consultas podem ser exorbitantes e afetar qualquer orçamento!

Ainda que exista um limite de gastos a serem ressarcidos pela seguradora, muito pode ser economizado em casos como esse.

O mesmo pode ser dito em relação a fatalidades, por mais que elas sejam completamente indesejadas. Não é barato lidar com o retorno de pessoas que vieram à óbito ao país – e um seguro viagem pode ser grande valia nesse momento.

Tranquilidade

O segundo grande benefício relacionado à contratação de uma seguradora de viagens é a liberdade de se aventurar em quaisquer atividades sem medo de contar com dissabores.

Tomando os devidos cuidados, é claro, tudo se torna melhor ao saber que existe um serviço com o qual pode-se contar.

Eficiência e agilidade

Lidar com problemas no exterior, especialmente em locais em que não se fala a língua do local, pode ser muito dispendioso. Por isso, saber que é possível contar com um atendimento eficiente e ágil, que solucione problemas com rapidez, é fundamental.

Muitos outros benefícios podem ser citados em relação a um seguro de viagem, mas, como dito anteriormente, ele não deveria ser uma opção para nenhuma viagem.

Ele promove os três pilares de qualquer passeio saudável. Assim, é fundamental contar com ele.

Quanto custa um seguro de viagem?

Assim como outros pontos discutidos em relação a esse serviço, seu preço também pode ser muito variável. Ele vai depender do tipo de seguro a ser obtido, das necessidades de cada viajante e de seu orçamento.

O mais importante de se ter em mente ao buscar saber como funciona um seguro de viagem é que ele é indispensável.

Viagens são momentos geralmente separados para o lazer e para relaxar. Até mesmo viagens de trabalho, por mais cansativas que sejam, permitem que novos lugares sejam conhecidos e aproveitados.

Por isso, ao visitar um novo país ou estado, é essencial garantir suas qualidades de alegria e diversão e segurar a viagem por meio de uma seguradora de qualidade.

Tendo todas as informações acima em mãos, busque sempre por um seguro de viagem que contemple necessidades específicas e garanta todas as muitas vantagens citadas!