Seguro-Viagem Brasil: saiba como funciona e escolha o melhor!

O seguro viagem internacional é amplamente conhecido pelos viajantes, mas e a respeito do seguro-viagem Brasil? Ainda há muitas questões referentes ao serviço quando prestado em território nacional.

É indiscutível que viajar assegurado é uma questão importantíssima − independente de qual será o destino escolhido. Porém, entender como funciona cada tipo de cobertura é fundamental para que você possa usufruir por completo do plano escolhido.

Por isso, vamos te explicar tudo sobre o funcionamento do seguro viagem nacional, sua obrigatoriedade, valores, dentre outras dúvidas! Acompanhe a seguir.

O que é o seguro-viagem Brasil?

mapa do brasil
Viajar protegido é essencial para qualquer destino!

O seguro-viagem para território brasileiro faz a cobertura de questões médicas, hospitalares e referente à bagagem para viagens dentro do país. Cada seguradora possui suas próprias regras quanto à distância do destino da viagem e a residência do segurado.

Além disso, os seguros podem trazer muitos outros benefícios. É possível ainda escolher serviços relacionados à hospedagem, voos, problemas com bagagens, despesas odontológicos, dentre outras coisas.

Resumindo, o objetivo do seguro-viagem é indenizar o cliente caso ele use − em viagem − algum dos serviços que constem no contrato. Isentando, assim, o viajante de arcar com o valor real de todas as despesas.

É necessário seguro-viagem para o Brasil?

O seguro-viagem não é obrigatório para viagens em território nacional. É reconhecida a importância desses serviços em território estrangeiro por conta de uma cultura, gastronomia, língua e costumes diferentes. Além disso, muitos países exigem a cobertura de um seguro-viagem para a entrada de turistas estrangeiros.

A necessidade do seguro em território nacional pode não ser tão clara, no entanto, viajar assegurado aqui é tão importante quanto para o exterior. O primeiro ponto a se lembrar é que a maioria dos planos de saúde não oferecem uma cobertura nacional. Dessa forma, mesmo que o viajante já tenha plano de saúde e encontre uma filial na cidade, isso não significa que não pagará pelos serviços.

Em segundo lugar, é preciso lembrar que o atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é precário em algumas partes do país. Depender dos pontos de saúde municipais ou hospitais pode não ser uma boa ideia.

Além disso, o valor do seguro-viagem nacional é realmente barato. É possível encontrar ofertas que caibam no bolso de qualquer família, para qualquer lugar do Brasil. Ou seja, não há porquê de não viajar assegurado. É barato, confortável, cômodo e, claro, seguro.

Quais são os principais itens de cobertura do seguro viagem Brasil?

Para o viajante, avaliar quais são os itens de cobertura contidos no pacote é o principal passo. Estar ciente do que está assegurado ou não evita diversos problemas. Os serviços relacionados às questões médicas e hospitalares devem, obrigatoriamente, constar no contrato. Despesas hospitalares, médicas e odontológicas são previstas por lei.

O translado do corpo, indenização por morte ou morte acidental e indenização por invalidez permanente total ou parcial também são itens que devem constar no seguro-viagem Brasil. No entanto, essas são apenas as coberturas mais básicas e há pacotes muito mais completos.

Problemas com voos, bagagens e hospedagens são relativamente comuns. Muitas das malas são perdidas no aeroporto e voos são cancelados, por exemplo. Não é uma situação de emergência gravíssima – como no caso de emergências médicas. Apesar disso, causa um grande incômodo e desconforto ao viajante.

Diversas seguradoras oferecem assistência para esses eventos no contrato, garantindo que a viagem do turista seja a mais tranquila possível. Além disso, alguns benefícios VIPs também podem ser atribuídos.

De qualquer maneira, é fundamental que o cliente cheque muito bem o contrato e avalie os itens de cobertura. Também é importante avaliar qual o valor destinado a cada um deles e se estes são coerentes com os valores cobrados.

Outro ponto importante é a respeito das cláusulas. Muitos contratos não arcam com despesas médicas se a causa for proveniente de atividades radicais, por exemplo. Por isso, é sempre necessário adequar o seu plano de cobertura às atividades que você deseja realizar no destino. Para entender melhor como funciona a cobertura para atividades radicais, leia nosso artigo sobre seguro-viagem para esportes.

Como funciona o seguro-viagem nacional?

Vista aérea da cidade do Rio de Janeiro no Brasil
Escolher o seguro-viagem que mais se adequa ao seu perfil traz tranquilidade para sua viagem.

Seja o seguro-viagem para o Brasil ou qualquer outro destino, há duas formas principais de acionar os serviços: ou o segurado ou a seguradora paga inicialmente pelos serviços.

No primeiro caso, o segurado que necessitar de um serviço médico, por exemplo, faz o pagamento por conta própria e no final da viagem pede o reembolso das despesas. Nesse caso, todas as notas fiscais devem ser guardadas e encaminhadas à seguradora para que a agência faça as devidas verificações para o reembolso.

A segunda opção pode parecer mais vantajosa, no entanto, quando a seguradora arca com as despesas logo de início alguns empecilhos podem aparecer. Normalmente a agência de seguros requer que o viajante faça um aviso prévio ou que se consulte em locais credenciados. A princípio isso pode não parecer um problema, mas em emergências este procedimento pode atrapalhar.

Para facilitar o contato com a sua seguradora, a Real Seguro-Viagem possui um aplicativo exclusivo para te auxiliar se precisar de assistência. Assim, você não precisa realizar a ligação para a seguradora de um telefone fixo, por exemplo. Pode simplesmente acessar o aplicativo utilizando qualquer rede de internet e apertar o botão!

Quanto custa um seguro viagem no Brasil?

O valor do Seguro Viagem é variado e há muitos motivos para isso. O primeiro deles é, obviamente, a quantidade de itens de cobertura que constam no contrato. Se o pacote for muito completo, obviamente será mais caro. O valor máximo a ser gasto com cada item também é considerado, no entanto, esses valores costumam ser parecidos de um contrato para o outro.

Determinados períodos do ano também podem fazer o preço subir. E, claro, cada seguradora impõe o seu próprio preço dos pacotes. É importante que o viajante avalie o custo x benefício de cada oferta antes de assinar com a seguradora.

Para isso, contar com um comparador de seguros-viagem é fundamental! Nele é possível visualizar facilmente não somente o preço, mas as vantagens de cada pacote e, assim, escolher o mais adequado para você!

Como encontrar o melhor seguro viagem para o Brasil?

Escolher qual é o melhor seguro-viagem para o Brasil não é nada fácil. Não é possível elencar o melhor seguro nacional, pois cada caso é um caso e cada viajante requer as suas próprias exigências dentro do contrato.

Sendo assim, como encontrar a melhor opção? Estudar os pacotes um a um e fazer uma comparação é praticamente inviável. Por isso, contar com a ajuda do primeiro comparador de seguros-viagem do Brasil é essencial para agilizar sua compra!

A Real Seguro Viagem é uma agência de cotação de seguro-viagem para o Brasil – e muitos outros destinos – que encontra o melhor pacote, sempre pensando no viajante e na relação de custo x benefício. Selecione a data da sua viagem, o destino e descubra agora mesmo qual o melhor seguro-viagem para você!