sitemap reset_session pwa
em viagem
em viagem

Conheça as principais cidades e atrações do norte da Itália!

A Itália é um dos destinos turísticos preferidos de todo viajante. E isso não é à toa, visto que o país possui belezas únicas que, somadas a uma cultura extremamente apaixonante, encanta qualquer pessoa. 

Recentemente, uma região específica do país vem se destacando por estar no roteiro de viagem para praticamente todo mundo. As temperaturas mais baixas do local tornam o destino perfeito para casais apaixonados passarem a lua de mel, bem como para aventureiros que desejam explorar novos ares. 

Essa região é o norte da Itália, composta pelas principais cidades de Turim, Veneza, Pádua, Verona, Gênova e Milão. 

Cada uma delas possui seus próprios encantos, e neste artigo vamos te mostrar cada um deles. Confira abaixo o seu roteiro de viagem para o norte da Itália!

Turim

Cidade de Turim, ao norte da Itália.
Turim encanta por sua arquitetura única e cultura que aquece o coração de todo turista. (Fonte: Reprodução/Internet)


Turim é uma das cidades mais famosas do norte da Itália por abrigar estudantes de todos os cantos do país e até mesmo do mundo. A cidade universitária é a quarta maior da Itália, ficando atrás apenas de Nápoles, Milão e Roma. 

Uma das principais características da cidade (e sem dúvidas uma das mais marcantes) são as suas paisagens. Turim é cercada de morros do Monferrato, bem como pelos Alpes italianos que encantam os olhos de qualquer viajante. 

Após sofrer com uma crise motivada pela mudança de capital para Florença, a cidade se tornou o segundo principal centro de produção italiana, com Milão estando na liderança. 

Não podemos deixar de citar Turim sem mencionar a sua estrutura arquitetônica em alvenaria Mole Antonelliana, projetada pelo arquiteto Alessandro Antonelli, com 167 metros de altura. 

Originalmente o local havia sido desenvolvido para ser uma sinagoga, no entanto, com o passar do tempo, acabou se tornando abrigo para o Museu Nacional do Cinema Italiano. 

Como dito, Turim é uma cidade universitária, ou seja, a cidade é sede de ótimos centros de ensino e morada de inúmeros jovens. Consequentemente, isso acaba trazendo alguns benefícios quanto à hospedagem e a passeios locais. 

Por exemplo, para se hospedar em Turim é bem fácil. O Worldpackers é um programa voluntário que troca moradia por horas trabalhadas em meio à natureza, além de fornecer alimentação para quem precisar. Ademais, a cidade é rodeada de albergues para se hospedar, além, é claro, de hotéis. 

Mas, o que fazer em Turim? 

Bom, Turim possui toda a energia de uma cidade universitária, mas também conta com passeios históricos que com certeza valem a pena. A visão privilegiada da cidade pelo Monte dei Cappuccini é parada obrigatória em seu roteiro, bem como a região de Piemonte que abriga grande parte dos castelos italianos.

A boa notícia é que na maioria das atrações os estudantes ou cidadãos europeus possuem um bom desconto ou até mesmo entrada gratuita para essas atrações italianas (incluindo brasileiros que possuem dupla cidadania). 

Veneza

Prédios de Veneza perto de um lago, no norte da Itália.
Para os românticos, a visita a Veneza é essencial. (Fonte: Reprodução/Internet)


Provavelmente essa é a cidade mais famosa dessa lista, e com certeza deve estar no seu roteiro de viagem para o norte da Itália. Visitar o país sem ir a Veneza é como ir à praia sem entrar no mar, ou ir a um restaurante e não comer nada. Geograficamente, a cidade fica ao nordeste do país, mas não poderíamos deixá-la de fora desta lista. 

Veneza é uma cidade situada sobre um grupo de 117 pequenas ilhas que são separadas por canais, mas ligadas por pontes. A região é famosa por sua bela arquitetura, além de ser palco de obras de arte devido às suas paisagens de tirar o fôlego. Para ter uma ideia, parte da cidade está listada como um Patrimônio Mundial, juntamente com a sua lagoa.

A localização de Veneza é uma das mais privilegiadas de toda a Itália. O centro histórico é o principal núcleo da cidade, e sempre esteve isolado da terra firme, mesmo quando a ponte ferroviária foi criada. O local é totalmente pedonal, atuando como canais rodoviários, bem como os diferentes barcos, que são os únicos meios de transporte na zona.

As principais ilhas da lagoa de Veneza que você precisa conhecer são: 

  • Lido;
  • Murano;
  • Burano;
  • Torcello;
  • São Miguel (a ilha do cemitério da cidade);
  • Santo Erasmo;
  • Mazzorbo;
  • La Vignoli;
  • Certosa São Francisco do Deserto;
  • São Giácomo em Paludo.

O que fazer em Veneza?

A cidade recebe em torno de 50 mil turistas por dia, sendo classificada como o 28º lugar mais visitado do mundo e um dos destinos mais belos a serem conhecidos. Existem diversas atrações em Veneza, e com certeza vale citarmos a Basílica de São Marcos, o Grande Canal e a Praça de São Marcos.

Todos os bairros de Veneza possuem sua elegância própria. Se você visitar a cidade entre os dias 4 de fevereiro e 21 de fevereiro, também poderá aproveitar o famoso Carnaval de Veneza, um dos principais eventos da cidade. São 10 dias de trajes específicos e máscaras do século XVIII que decoram o local, além de lotar as ruas.

Pádua

Catedral de Pádua, ao norte da Itália.
A Catedral de Pádua, ao norte da Itália, é uma das atrações turísticas que mais recebem visitantes. (Fonte: Reprodução/Internet)


A cidade de Pádua é marcada principalmente pela sua área metropolitana que também é conhecida como a capital da província homônima. A região foi sede da Universidade de Pádua, uma das mais privilegiadas e importantes do mundo.

Esse é um dos principais motivos para que Pádua seja conhecida como a cidade que apresenta inúmeros testemunhos de um rico passado histórico, cultural e artístico, que fazem com que seja um notório destino turístico. Atualmente a cidade é um importante centro econômico, e um dos maiores centros de transporte intermodal de toda a Europa.

Pádua é uma grande e harmoniosa mistura de história, natureza, religião e arte. Esses elementos podem ser encontrados em diversos locais, desde bairros ou até mesmo a forma com que os habitantes se vestem e se portam.

Sobre Pádua

Uma atmosfera mágica também é encontrada na Basílica de Santo Antônio, o santo da cidade, ajudando a desenhar os contornos de uma cidade misteriosa tão amada por turistas e italianos. O centro de Pádua está localizado nas praças, próximas umas das outras.

No centro podemos ver o belo Palazzo della Regione. Você pode começar a sua visita pela Piazza delle Erbe, antigamente conhecida como Biaber, e depois seguir para a Praça do Licor, devido ao tipo de mercado existente naquela zona.

Outra praça importante é a Piazza Duomo, que é, claro, uma das mais bonitas para abrir no centro de Pádua. Esta praça é caracterizada pela presença da Basílica del Duomo, o esplêndido batistério e o Palácio Episcopal.

Verona

Casa de Julieta, em Verona, no norte da itália.
Palco de uma das obras mais famosas do mundo, Verona é o destino ideal para uma perfeita lua de mel. (Fonte: Reprodução/Internet)


Você sabia que Verona é uma das cidades mais visitadas do mundo? Ela é famosa principalmente por ser palco de uma das histórias mais conhecidas e apaixonantes: Romeu e Julieta.

Uma das principais atrações da cidade é a famosa Casa de Julieta, responsável por atrair milhares de turistas todos os anos. 

Verona também é privilegiada por sua localização. Para turistas que vêm do Brasil, o melhor trajeto é partindo de Milão, pelos famosos trens italianos. Além de poder acompanhar as belas paisagens pelo caminho, a viagem costuma ser bem rápida (cerca de 2 horas de duração).

O que fazer em Verona?

Muito se engana que associa Verona a apenas uma cidade romântica. A verdade é que a região possui forte influência histórica não só na Itália, mas também em toda a Europa.

A cidade carrega resquícios claros de fortes períodos da História, como luta de gladiadores, queima de hereges na Idade Média, além de espetáculos e festividades típicas da cidade.

Algumas das principais atrações de Verona que com certeza valem sua visita são:

  • Arena de Verona
  • Castelvecchio e ponte Scaligero
  • Basílica de São Zeno
  • Giardino Giusti

Leia mais sobre: Pontos turísticos incríveis para visitar na cidade italiana Verona

Gênova

Catedral de Gênova, ao norte da Itália.
Gênova é uma das cidades mais visitadas de toda a Itália, recebendo milhões de turistas todos os anos. (Fonte: Reprodução/Internet)


A Itália é rica em história baseada em arte, e Gênova é a prova clara disso. A cidade é a quinta maior do país, e foi fundada há mais de 2500 anos e sua zona portuária é uma das mais antigas e que funciona até hoje. 

Um dos principais atrativos é sem dúvida a sua posição geográfica que rendeu ao local uma boa reputação relativa à influência comercial da Itália, grande parte graças à força da costa marítima da cidade. 

A arquitetura de Gênova também é um espetáculo à parte. Seus prédios e construções carregam a atmosfera dos tempos áureos italianos, quando navegantes comercializavam especiarias.

Chegar em Gênova é bem fácil, visto que o aeroporto da cidade recebe constantemente voos internacionais. Caso deseje, o turista poderá desembarcar e ir ao centro histórico em questão de minutos, mas também há a possibilidade de chegar por meio dos trens da Estação Principal.

Além disso, outro atrativo que chama a atenção é que a estação de Gênova tem ligação direta com outras importantes cidades do norte da Itália, como Turim, Roma e Milão.

O que fazer em Gênova?

A cidade é uma das mais diversas do país, não apenas porque sua civilização foi uma das que mais participaram ativamente da construção cultural italiana, mas também do mundo inteiro. 

Em sua visita, lembre-se de conhecer a famosa casa de Cristóvão Colombo, o primeiro navegador europeu a desembarcar em terras americanas. Além disso, também vale visitar lugares como:

  • Centro histórico de Gênova;
  • Palácio Ducal;
  • Porto antigo;
  • Catedral de São Lourenço;
  • Palácios Rolli;
  • Aquário de Gênova.

Milão

Castelos de Milão, no norte da itália.
Os Castelos de Milão são verdadeiras obras de arte que carregam história, cultura e arte em um só lugar. (Fonte: Reprodução/Internet)


Sem dúvidas, Milão é uma das cidades mais conhecidas não apenas desta lista, mas de todo o mundo! A região é recheada de cultura e arte que ficam claramente perceptíveis desde a forma com que as pessoas se portam até a arquitetura local.

O destino é conhecido como um verdadeiro Centro de Design, visto que estamos falando de uma das capitais mundiais da moda por lançar estilos e tendências que impactam todo mundo.

Por abrigar importantes centros industriais, a cidade também é bastante populosa (com cerca de 1,5 milhão de habitantes). Para ter uma ideia, devido ao intenso fluxo de turistas, Milão conta com três aeroportos que recebem voos internacionais. 

O que fazer em Milão?

Bom, em meio a tantas atrações turísticas incríveis, fica até difícil encontrar os melhores para visitar. Mas, fique tranquilo que separamos os principais que merecem sua visita. Confira abaixo!

  • Galeria Vittorio Emanuele II
  • Castello Sforzesco
  • Arco della Pace
  • Igreja Santa Maria delle Grazie
  • Teatro alla Scala
  • Navigli

Seguro Viagem para Itália

O Norte da Itália é uma região cheia de cidades históricas com belezas únicas e histórias extensas que apenas vivendo para entendê-las. Todas são repletas de incríveis monumentos como igrejas, templos e até mesmo castelos.

Listamos neste artigo as principais cidades do Norte da Itália para você conhecer, sem dúvidas todas vão te conquistar de diferentes maneiras. 

Antes de viajar, lembre-se sempre de garantir a sua segurança, ainda mais se for visitá-las em uma única aventura!

O seguro viagem é a garantia que você precisa para fazer uma viagem segura e livre de qualquer perrengue. Ao contrário do que muitos pensam, contratá-lo é simples, rápido e barato. Faça agora mesmo a simulação:

__CALLTOACTION(COTAR)__

Leia também para se preparar ainda mais para sua viagem:

Até a próxima!