em viagem
em viagem

Intercâmbio para a Irlanda: como fazer o seu?

A Irlanda é um dos destinos favoritos para viajantes. Toda a cultura, possibilidades e aventuras que o país oferece são um chamativo e tanto para quem deseja aproveitar as férias. Mas, não é só isso! 

A Irlanda também é um dos melhores destinos para estudantes que desejam fazer intercâmbio e aprimorar seus conhecimentos em inglês. 

Para te mostrar como esse país pode ser incrível, nossa equipe reuniu neste artigo todas as informações sobre como fazer intercâmbio na Irlanda. Boa leitura!

Como fazer intercâmbio para a Irlanda?


Uma menina segurando um caderno e sorrindo para a câmera.
Para estudar, a Irlanda é um dos destinos favoritos de milhares de brasileiros

Bom, o processo para ser intercambista na Irlanda é mais simples do que em outros países europeus. O primeiro e principal ponto que todo viajante deve ter em mente é definir bem qual o motivo da sua viagem, ela é para estudos? para trabalho? para os dois? 

Esse questionamento é essencial para você entender qual o modelo de visto que será necessário para sua estadia no país. A Irlanda permite a entrada de qualquer brasileiro que queira visitá-la, seja para estudo ou apenas férias. 

Os intercambistas podem ser estudantes das mais diversas áreas, a maioria das oportunidades são para aqueles que pretendem estudar inglês em cursos rápidos, como se fossem os técnicos brasileiros.

O visto para a Irlanda é concedido gratuitamente contanto que o viajante tenha comprado a passagem de volta antes de entrar no país.

No entanto, é importante entender que esse visto gratuito tem validade máxima de 3 meses. Caso queira, você também pode apenas aproveitar a estadia sem a necessidade de realizar nenhum curso, contanto que volte antes dos três meses chegarem ao fim.

Mas, e se você quiser ficar mais tempo no país?

Bom, para os turistas que desejarem ficar mais de três meses na Irlanda, o processo para obtenção do visto é um pouco mais complicado e burocrático.

O país exige que o viajante tenha um motivo válido para permanecer por tanto tempo. No caso dos intercambistas, é preciso que seja comprovado a compra de um curso, seja de inglês, especialização ou técnico. 

Além disso, o governo irlandês também exige a comprovação de renda do estudante. Nesse caso, é necessário que ele possua no mínimo € 3.000,00 (euros) em sua conta bancária . Essa alegação funciona como uma forma de comprovar que o estudante possui renda para se manter por, no mínimo, 6 meses no país. 

Esse segundo visto é chamado de “Stamp 2”, e dá direito a até 8 meses de estadia no país. Nesses oito meses, o estudante é obrigado a passar 6 com obrigatoriedade de 15 horas semanais de estudo, possibilitando 20 horas de trabalho durante o curso.

Como é ser um intercambista na Irlanda?


Várias casas coloridas em uma rua da Irlanda.
A diversidade cultural da Irlanda é um dos principais fatores que atraem os estudantes de todo o mundo!

Estudar inglês em outro país pode ser um desafio e tanto. A experiência de aprender outro idioma é muito diferente das aulas em instituições de ensino brasileiras, principalmente porque a imersão no idioma é bem menor nesses locais. 

Ou seja, na Irlanda, a experiência do estudante com a língua inglesa não ficará apenas em sala de aula, mas sim durante toda a rotina no país. Esse é o principal desafio que todo intercambista sofre ao chegar em um local onde os nativos falam outro idioma. 

Apesar do desafio, estudar inglês na Irlanda pode ser sensacional. A cultura, estilo de vida, entretenimento e diversos outros fatores agregam muito para a bagagem de estudos do viajante que, além de viverem imersos na língua inglesa, ainda podem conhecer outros intercambistas.

Na Irlanda é bastante comum encontrar casas ou repúblicas de estudantes estrangeiros que se organizam para morarem juntos, o que facilita muito a economizar e aprender outras culturas.

Também não deixe de ler: Seguro Viagem para Intercâmbio

Como escolher uma escola de idioma para intercâmbio na Irlanda?


Um estuddante na Irlanda olhando um livro entre os corredores da biblioteca.
Antes de embarcar, é essencial que todo estudante tenha em mente as obrigações que todo intercambista deve cumprir.

O passo mais importante para todo intercambista que deseja estudar na Irlanda é não poupar tempo nas pesquisas dos centros de ensino. Caso este seja o seu primeiro intercâmbio, o recomendável é que você busque por agências de intercâmbio que trabalhem somente com escolas certificadas.

A escola precisa possuir o Learner Protection, certificado contratual que serve como uma apólice de seguro. Ele funciona da seguinte forma: caso a escolha venha a fechar por causa de algum imprevisto, o estudante terá o direito de receber seu dinheiro de volta ou realocado para outro centro de ensino.

O site oficial do governo irlandês disponibiliza uma lista com todas as escolas que possuem o Learner Protection, ou seja, que estão capacitadas para receber intercambistas. Esta lista também é conhecida como ILEP (Interim List of Eligible Programmes).

Caso seu objetivo seja estudar em uma escola de idiomas, também existe o site ACELS (Accreditation and Co-ordination of English Language Services), órgão responsável por regulamentar o funcionamento das escolas de idiomas.

Alguns pontos essenciais para você estar atento antes de escolher sua escola são:

  • garantia do selo Learner Protection;
  • qual a carga horária das aulas;
  • tipos de cursos oferecidos;
  • valores dos cursos;
  • quais módulos estão incluídos no curso;
  • certificado de escola de idiomas.

Com isso em mente, tudo ficará muito mais fácil! Agora, vamos recapitular um pouco…

Passo a passo do intercâmbio na Irlanda

Confira abaixo as principais etapas para iniciar o seu intercâmbio na Irlanda.

  • decida onde você quer estudar na Irlanda, qual a cidade que mais te agrada;
  • informe-se sobre a escola que deseja frequentar e veja se ela é credenciada;
  • reúna todos os documentos necessários para entrar no país e solicitar o visto;
  • lembre-se de comprar as passagens aéreas de ida e volta;
  • organizar as datas de imigração na chegada à cidade;
  • compareça na data marcada e apresente os documentos necessários para a obtenção do visto.

Ao chegar ao país e para dar entrada no visto de estudante, o intercambista vai precisar de:

  • passaporte com validade de, no mínimo, 6 meses após a data de volta para o Brasil;
  • comprovante de compra do curso de inglês de 25 semanas;
  • comprovante de 3 mil euros (quantidade necessária para se manter aqui durante esse tempo, de acordo com o governo irlandês);
  • comprovante de residência;
  • seguro viagem;
  • 300 euros (valor cobrado pelo visto).

No geral, essas são as informações necessárias para os estudantes que desejam fazer intercâmbio na Irlanda. Mas, lembre-se: toda viagem necessita de tempo e dedicação para traçar um bom plano de viagem tanto no quesito financeiro quanto emocional.

Leia também: Passo a passo: como planejar uma viagem do zero?

Seguro viagem para a Irlanda

Você já passou por algum perrengue de viagem e ficou com medo dele prejudicar sua experiência, ou até mesmo de impedir de embarcar? Com a ajuda da Real você não passa por isso!

Um seguro viagem é uma forma de garantir que você irá aproveitar ao máximo o seu destino, sem deixar que qualquer imprevisto estrague isso. Com a contratação bem feita você evita que problemas como extravio de bagagem, atrasos de voos e até mesmo acidentes no destino pesem no seu bolso. 

A Real é a primeira comparadora de seguros viagem do Brasil! Com a ajuda da nossa equipe você tem a certeza de fazer a escolha certa. Entre em contato conosco agora mesmo!

Clique no botão abaixo e realize sua cotação, é fácil, rápido e totalmente seguro!


Confira também as dúvidas mais frequentes sobre fazer intercâmbio na Irlanda:

Imagem de Perfil do autor

Redator SEO apaixonado por literatura e viagem, eterno estudante.