em viagem
em viagem

Seguro viagem para moto

Depois de fazer a revisão da moto e planejar sua viagem, tem mais um detalhe que você não deve deixar de lado para a sua viagem em duas rodas: o seguro viagem de moto

Conhecer um lugar novo de moto é, com certeza, emocionante. Para que seu passeio seja tranquilo e seguro, confira aqui todos os detalhes sobre o seguro viagem de moto!


Pessoa viajando de moto
A viagem de moto permite uma vivência completamente diferente do destino.

É necessário contratar um seguro viagem de moto?

Sem dúvidas, sim! Muito provavelmente você tem um seguro para a sua moto para prevenir qualquer imprevisto que acontecer na estrada, não é mesmo? Imagine, então, a importância de ter um seguro para você. 

Além das situações desagradáveis que podem acontecer em uma viagem, como uma intoxicação alimentar ou perda de documentos, a viagem de moto traz ainda outros riscos que não podem ser ignorados.

O seguro viagem de moto irá te auxiliar nas emergências médicas e hospitalares, odontológicas e, dependendo da cobertura contratada, até mesmo nas despesas farmacêuticas. 

Diferença entre seguro viagem de moto e o seguro da moto

É importante reforçar que o seguro da moto é completamente diferente de um seguro viagem de moto. O primeiro tem como objetivo proteger apenas o veículo contra roubos, furtos e incêndios, por exemplo. Ele também é fundamental durante uma viagem de moto, mas ele não cobrirá gastos relacionados a segurança do motorista.

Para isso, você precisará de um seguro viagem. Um seguro viagem costuma ter coberturas como:

  • Despesas médicas e hospitalares;
  • Acidentes durante a prática de esportes radicais, caso esteja inclusa no plano escolhido;
  • Extravio ou perda das malas;
  • Assistência jurídica eventual;
  • Regressos sanitários ou funerários;
  • Morte ou invalidez
  • Despesas odontológicas;
  • Entre outras.

Lembrando que cada plano tem coberturas específicas que podem ser interessantes, ou não para você. É importante mencionar que o seguro viagem de moto não cobre acidentes de terceiros e nem viagens em estradas não regulamentadas. Além disso, no caso dos seguros de viagem nacionais, o seguro passa a valer a partir de 100 Km de distância da casa do contratado.

Agora você deve estar se perguntando como escolher o melhor seguro viagem diante de tantas opções, correto? Então, acompanhe a próxima seção para descobrir!


Pessoa viajando de moto
Para viajar tranquilo, nâo deixe de contratar o seguro viagem de moto!

Qual o melhor seguro viagem de moto?

O seguro viagem de moto irá te assegurar nas mais variadas situações que podem ocorrer numa viagem, evitando, assim, que seu passeio seja interrompido. Na hora de escolher o seu plano, você deve observar cuidadosamente quais são suas necessidades e quais as características do seu passeio.

Você fará esportes radicais? Está levando objetos de valor na mala? É essencial também analisar o destino que visitará e as exigências locais. Países integrantes do Tratado de Schengen, na Europa, Cuba e Venezuela são só alguns dos países que exigem a contratação de um seguro viagem para entrar no país.

Além disso, vários países como Egito, Dubai, Curaçao, Uruguai, Argentina, Costa Rica e Chile passaram a exigir o seguro viagem diante do cenário de pandemia no Covid-19. Assim, o melhor seguro viagem de moto é aquele que te protegerá adequadamente durante a sua viagem e cumprirá todas as exigências do destino que você irá conhecer.

Para viagens de moto em território nacional, por exemplo, há planos a partir de R$6,00 por dia de viagem! E para conhecer os melhores planos, das melhores seguradoras, basta clicar aqui:



Tire suas dúvidas sobre o seguro viagem de moto

Sobrou alguma dúvida sobre o seguro viagem de moto? Fica tranquilo que vamos te ajudar a solucionar todas elas!

Saiba mais sobre o assunto:

No território brasileiro, você precisará da sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida; documentação atualizada do veículo e, preferencialmente, um seguro para sua moto e para você! Caso vá conhecer outros países, não deixe de verificar quais os documentos exigidos tanto para você, como para a sua moto. Antes de cair na estrada, pesquise bem as rodovias, estações do ano (já que você estará exposto ao clima), preços de combustível e hospedagem no trajeto, e claro, faça uma boa manutenção na sua moto!
Motociclistas do mundo inteiro buscam a América do Sul para as aventuras em duas rodas. As três rotas mais famosas são: Interoceânica, entre Brasil e Peru com 5,4 mil quilômetros de extensão; Ruta 40, na Argentina, com 5,2 mil quilômetros cruzando 11 províncias argentinas e 20 parques e reservas naturais. Camino a los Yungas, na Bolívia, que é conhecida como estrada na morte e tem precipícios que chegam a 4,6 mil metros de altura em certos pontos.
A Europa também tem rotas lindíssimas para explorar de moto. Algumas das mais famosas são: Lisboa até Cabo da Roca, o ponto mais ocidental do continente europeu. É um passeio curto, de 50 quilômetros, ideal para iniciantes. Côte D’Azur, no sul da França, passando por Nice, Mônaco, Cannes e Saint Tropez. Costa Amalfitana, entre Sorrento e Salerno na Itália.