em viagem
em viagem

Seguro Viagem para a Itália

Conhecer o "país da bota" (em razão do formato de seu território) é o sonho de muita gente que pretende ir para a Europa. Afinal, é na Itália que vários estilos artísticos surgiram, lá se encontra o Vaticano e uma série de museus importantes, além da gastronomia local, que significa garantia de uma alimentação saborosa e de qualidade! Chega a dar água na boca só de pensar, não é?


Cidade de Verona, na Itália
A cidade de Verona, na Itália, foi cenário da peça "Romeu e Julieta", de Shakespeare, e representa bem as belezas do país

No entanto, a entrada de estrangeiros no país, assim como em outros lugares da Europa, depende de algumas regras, entre elas a obrigatoriedade do Seguro de Viagempara a Itália no valor mínimo de 30 mil Euros, exigido pelo Tratado deSchengen. Para saber mais sobre essa e outras informações necessárias paravisitar e aproveitar o melhor da Itália, nos acompanhe ao longo deste artigo.

Leia também: Seguro Viagem para a Europa

Seguro de Viagem xCertificado de Direito à Assistência Médica (CDAM)

Brasileiros quepossuem vínculo com o INSS têm direito a atendimento médico na rede pública desaúde da Itália. Para isso, basta solicitar o CDAM, também conhecido como BI-2,pelo portal online do Governo Federal. Nesse caso, você fica livre dapreocupação com os possíveis gastos altíssimos em caso de despesas médicas ouhospitalares.

Isso significa queo certificado substitui o Seguro de Viagem para a Itália? Não, nateoria isso tira a obrigatoriedade do Seguro, mas na prática você ainda podeser barrado pela imigração se não tiver ele. Isso porque ter um plano comcoberturas não garante apenas segurança para a sua saúde e bem-estar físico,mas também garante ajuda em outras situações.

Translado médico oude corpo e repatriação, as quais são exigidas pela Susep, são algumas delas.Auxílio em gastos com remédios, atraso de voo, perda de bagagem, entre outrascoberturas complementares também podem ser indispensáveis adepender das características da viagem e do viajante. Portanto, o CDAM é umcomplemento muito bom ao Seguro, mas não o dispensa.


   Canais de Veneza, Itália    
Para conhecer as belezas de Veneza é essencial ter uma apólice de seguro viagem!

O que considerar paraa escolha do Seguro Viagem para a Itália?

Você já percebeu a importância de contratar o seguro para a sua viagem à Itália, certo? Porém, de nada adianta comprar a primeira opção que aparecer sem levar em conta algumas questões importantes. Isso porque cada pessoa é única, cada país é único e, portanto, cada viagem também é.

Mas não se preocupe! Se antigamente as pessoas precisavam pesquisar de seguradora em seguradora, analisando as opções e preços, perdendo horas até encontrar o plano ideal, hoje, com as comparadoras de seguro online todo esse processo está mais fácil e transparente. E você sabia que a Real é a primeira comparadora de Seguro Viagem do Brasil? Isso mesmo, a empresa surgiu da percepção da necessidade de otimização desse processo e foi pioneira no país.

Dessa forma, você está no lugar certo. Fique atento a três fatores quando for escolher seu seguro:

  • as coberturas fornecidas devem ser suficientes à sua necessidade;
  • o seguro deve cobrir todo o período de viagem;
  • o preço deve ser proporcional à apólice adquirida.

Outras dicas são: considerar os locais que irá visitar, se haverá a prática de esportes, se você tem alguma doença pré-existente ou é gestante, bem como o valor mínimo de 30 mil Euros, de acordo com o Tratado de Schengen.


Como funciona e quais documentos levar?

A maneira como o segurofunciona é muito simples: Imagine que você está na Itália caminhando pelasruas, descobrindo lugares lindos, e, de repente, você torce o pé e não consegueseguir com seu passeio?

Você lembra que temo Seguro Viagem, entra no app exclusivo da Real pelo seu celular, contata suaseguradora rapidamente e segue as orientações, informando dados como CPF, RG,comprovante de residência e a apólice do seguro.

Com isso, você seráencaminhado a um hospital, será atendido e a seguradora fará o pagamento dasdespesas médicas, e poderá seguir com seus planos deviagem.


Braço de homem enfaixado
Imprevistos podem acontecer

Por outro lado, hásituações em que, devido a urgência, não será possível contatar a seguradoraantes de procurar atendimento. Para que o processo seja mais simples erápido, nesse e em outros casos, tenha consigo esses documentos:

  • CPF, RG e comprovante de residência;
  • Autorização para crédito em conta corrente;
  • Notas fiscais e comprovantes de despesas para reembolso;
  • Prescrição médica;
  • Em caso de problemas no aeroporto: etiquetas da bagagem, bem como declaração de atraso de voo ou relatório de atraso, extravio ou dano de bagagem emitido pela companhia aérea.

 Fontana di Trevi, Roma, Itália    
Roma, capital da Itália, tem inúmeras atrações para se visitar, como a Fontana di Trevi.

Passo a passo para a cotação do Seguro Viagem para a Itália

Nós, da Real, estamos aqui para te ajudar! Para seguir com a contratação do seu seguro e fazer a melhor escolha, elaboramos um checklist do que é importante fazer nesse processo. Anote em um papel e caneta, ou copie e cole os itens em um documento word e dê check neles ao concluir as orientações.

  1. Analise as recomendações apresentadas neste artigo;
  2. Faça uma pesquisa própria. Você pode começar conferindo outros artigos de nosso site ou blog;
  3. Registre em um papel ou bloco de notas tudo o que você considera importante ter em seu seguro, incluindo informações de saúde, para não esquecer de comunicá-las antes de fechar negócio;
  4. Faça a cotação online com a Real (os planos começam em cerca de R$ 15,00 por dia de viagem!);
  5. Espere nossa equipe entrar em contato com você;
  6. Responda perguntas e tire dúvidas no momento do atendimento;
  7. Receba opções de planos em seu e-mail e escolha entre elas o Seguro Viagem para a Itália de acordo com seu perfil de viagem e financeiro;
  8. Feche negócio e realize o pagamento;
  9. Receba sua apólice e leia esse documento atentamente;
  10. Baixe o aplicativo da Real e salve o contato da seguradora contratada;
  11. Guarde sua apólice junto de outros documentos importantes e os leve em sua viagem.

Precisa de ajuda? Conte com a Real

Se você, mesmo com a realização da pesquisa e do checklist, ficou com dúvidas, não se preocupe. Todos os seus questionamentos são importantes e a gente te entende. Por isso, nossa equipe tem os conhecimentos e a experiência necessários para te ajudar. Entre em contato conosco através deste link.

Ao entrar em contato com nosso time, pergunte, faça contrapropostas, procure entender as orientações apresentadas. Nosso objetivo é oferecer o melhor custo benefício e prezamos muito pela qualidade, afinal, pode não parecer, mas o seguro já salvou muitas viagens e, inclusive, vidas!

Saiba mais sobre o assunto:

Sim. A viagem para a Itália tem como um dos requisitos a assistência emergencial à saúde, e isso se dá por que o país – seu governo – arque com gastos de turistas. Ademais, este país é signatário do Tratado de Schengen, e daí advém a obrigatoriedade de uma apólice de seguro.
Neste caso, não. Aquele que possui cidadania italiana é, portanto, cidadão europeu, e logo, está isento da exigência de seguro viagem obrigatório.
Em média, a cobertura do seguro viagem Itália deverá ser igual ou maior que 30 mil euros, para despesas médicas e hospitalares.