Seguro Viagem para Europa

Saber as principais questões sobre o seguro viagem Europa é fundamental para aqueles que pretendem viajar ao Velho Continente. Apesar de ser um contrato relativamente simples, ainda há muitas dúvidas acerca do assunto. Viajar assegurado – seja para a Europa, qualquer outro continente ou até mesmo em território nacional – é imprescindível para os viajantes que buscam uma viagem tranquila. Poucos sabem quais são os reais benefícios desse tipo de cobertura, limitando-se a achar que apenas serviços médicos constam no contrato.

O que é o Seguro Viagem Europa?

A primeira questão importante a ser levantada é a definição do que é o seguro viagem Europa. De acordo com a Resolução CNSP n° 315, de 2014, seguro viagem é definido por:

“[...] tem por objetivo garantir, ao(s) segurado(s) ou seu(s) beneficiário(s), uma indenização [...] no caso da ocorrência de riscos cobertos, desde que relacionados à viagem, durante período previamente determinado, nos termos estabelecidos nas condições contratuais.”

Ou seja, o objetivo principal do Seguro Viagem é indenizar o assegurado em caso de algum acidente durante a viagem. No entanto, não é qualquer tipo de acidente, mas, sim, aqueles que constam no contrato. A Resolução CNSP n° 315, de 2014 dispõe todas as questões legais sobre o assunto, sendo muito interessante a qualquer viajante consultá-la para saber quais são os seus direitos perante a seguradora.

O Seguro Viagem Europa é necessário?

Sim. O questionamento sobre a obrigatoriedade do seguro viagem Europa é muito recorrente entre os viajantes. De fato, aqueles que pretendem viajar a esse continente precisam, na grande maioria das vezes, do seguro. Isso se deve ao Tratado de Schengen.

O que é o Tratado Schengen?

Países que fazem parte de tal tratado exigem de todos os turistas o Seguro Viagem em mãos. Não somente isso: o valor de assistência médica deve ser de, no mínimo, 30 mil euros. Sendo a Europa um continente com países de pequeno território os viajantes percorrem vários deles durante a viagem, consequentemente, dificilmente não será necessário o seguro viagem. Europa, Alemanha, França, Grécia, Portugal, Suécia, Bélgica, Áustria, Itália, Dinamarca, Eslováquia, República Tcheca, Eslovênia, Estônia, Malta, Finlândia, Holanda, Hungria, Liechtenstein, Islândia, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Noruega, Polônia e Suíça fazem parte do Tratado de Schengen. Quais são os benefícios de viajar assegurado.

Quais os benefícios de contratar um seguro viagem para Europa?

Os benefícios do seguro viagem Europa são diversos, todos com o objetivo de assegurar o viajante em caso de acidente e outras necessidades que possam vir a surgir durante a viagem. Alguns dos benefícios são:

  • Despesas médicas hospitalares, médicas e odontológicas
  • Seguro de invalidez parcial ou total permanente por acidente
  • Orientação para atendimento médico
  • Regresso sanitário
  • Traslado médico
  • Traslado de corpo
  • Seguro por morte acidental
  • Cobertura farmacêutica
  • Danos a mala
  • Extravio de bagagem
  • Hospedagem de acompanhante caso necessário
  • Regresso de menor desacompanhado caso necessário
  • Gastos por atraso de voo
  • Retorno do acompanhante caso necessário
  • Passagem aérea garantida para acompanhante
  • Garantia de regresso do viajante
  • Despesas extraordinárias por permanência forçada
  • Assistência na localização da bagagem
  • Orientação em caso de perda de documentos
  • Transmissão de mensagem urgente
  • Cancelamento de viagem

É importante ressaltar que cada pacote de seguro viagem possui suas particularidades. Sendo assim, determinado seguro viagem pode ter mais ou menos itens destes citados acima. A escolha dos itens do seguro viagem depende muito de cada viajante. Deve ser levado em consideração a idade e objetivos da viagem, por exemplo.

Como funciona o seguro viagem?

O seguro viagem Europa pode funcionar de duas maneiras: reembolso após o serviço utilizado ou pagamento prévio pela agência seguradora. A princípio, a segunda opção é muito mais vantajosa, mas há um porém. Na grande maioria dos casos as seguradoras que arcam com as despesas logo início têm parceria com determinados estabelecimentos médicos. Ou seja, a indenização só passa a ser válida se o atendimento for em locais parceiros. Isso é um ponto negativo, pois limita o atendimento e, em determinados casos, isso pode se tornar perigoso. Também é comum a necessidade de aviso prévio à seguradora antes de ativar os serviços. No entanto, cada seguradora possui sua própria metodologia de atendimento. Sendo assim, é imprescindível que o viajante avalie essas questões para descobrir qual é a melhor opção. No caso do pagamento feito primeiramente pelo viajante, todas as despesas que constem no contrato serão reembolsadas com as devidas comprovações.

Qual a média de valores do seguro viagem?

É realmente difícil dar um valor para o seguro viagem Europa. Como já dito anteriormente, o pacote do seguro varia de seguradora para seguradora e, também, das próprias características do viajante. Um pacote básico não possui o mesmo valor que um pacote mais completo. Além disso, grandes estadias no exterior também podem proporcionar certos descontos. O importante é que o viajante SEMPRE avalie o custo x benefício do contrato. Contratos mais caros nem sempre significam serviços mais completos e superiores, o contrário também é verdadeiro. Recomenda-se que o contrato seja estudado para checar os itens de cobertura, valor máximo a ser gasto para cada item e, também, quais são as cláusulas (principalmente referentes à idosos, gestantes e sobre atividades radicais). Sobre o valor máximo de cada item de cobertura, é válido ressaltar que para os países do Tratado de Schengen a cobertura mínima deve ser de 30 mil euros.

Como encontrar o melhor seguro viagem Europa?

Há diversos itens que devem ser avaliados em um seguro viagem Europa (itens de cobertura, valor de cada item, cláusulas e forma de atendimento, como citado anteriormente). Ponderar todos esses parâmetros, aliado ao custo x benefício de cada oferta, não é tarefa fácil – principalmente porque há muita opção de seguro viagem no mercado. Fazer isso manualmente (pesquisando seguradora por seguradora) é inviável e, também, não é tão eficiente assim. Mas, hoje, há ferramentas que auxiliam os viajantes a encontrar o melhor seguro viagem (e de forma personalizada!). A Real Seguro Viagem, por exemplo, é uma empresa de cotação de seguro online. O viajante só precisa acessar a página, escolher o destino, a data e acrescentar alguns dados pessoais.

O site retorna, via whatsapp ou e-mail, as melhores ofertas de seguro viagem Europa considerando o custo x benefício e as características da viagem do próprio viajante. Viajar assegurado nunca foi tão fácil e econômico!

Real Logo

Real Seguro Viagem

Especialistas em seguro viagem desde 2008
(4.79)
(4.79)