em viagem
em viagem

Saiba mais sobre o seguro viagem para a melhor idade!

Quando se é amante de viagens, não existe idade máxima pra embarcar. Só de sentir a emoção ao conhecer um destino novo, já temos certeza de que todas as semanas planejando a viagem valeram a pena! Mas não adianta muita coisa correr o risco de não aproveitar a visita por causa de algum acidente ou problema. É aí que o seguro se torna importante, principalmente quando falamos de seguro viagem para idosos. 

Sabemos que pessoas idosas são mais suscetíveis a acidentes e talvez precisem de cuidados específicos. Com isso, uma das maiores preocupações é com o preço do seguro viagem para a terceira idade, que geralmente aumenta um pouco. Mesmo assim, existem outros fatores importantes a serem considerados, então vem com a gente descobrir quais são!

 Mas antes, vamos entender melhor o que é um seguro viagem e qual a sua importância: 

Como funciona o seguro viagem para idosos?

De maneira simples, um seguro viagem funciona quase como um plano de saúde. A maior diferença é que ele pode cobrir várias outras coisas além das despesas médicas, como transporte, problemas com documentação, bagagem, etc. No geral, o grande objetivo desse serviço é garantir o seu bem-estar ao embarcar.

Já o seguro viagem para idosos é uma das modalidades que as seguradoras oferecem, nesse caso, para pessoas acima de uma certa idade, geralmente 70 anos. Ou seja, se você tiver 69 anos ou menos, o seu seguro provavelmente se encaixa na categoria padrão - depende muito dos parâmetros de cada empresa.

Se você precisar dessa categoria de seguro, ou for viajar com alguém que precise, então é importante contratar um plano que atenda a todas as suas necessidades!

Apenas algumas seguradoras especializadas trabalham com pessoas acima de 70 anos. Por ser um serviço bem mais específico, oferecido por poucas empresas, o preço acaba subindo. 

É muito comum também que existam vários tipos de planos para pessoas idosas. Quanto maior for a sua idade, é possível que você precise escolher o seu seguro entre planos cada vez mais específicos.

Foto de um casal de pessoas idosas admirando a paisagem de uma praia, ao lado de malas de viagem.
Independente de qual seguro você escolha, o importante é que possa aproveitar a viagem sem preocupações!


Por que o seguro viagem é mais caro para idosos?

Os preços são mais caros em razão da atenção especial dada pelas seguradoras a pessoas acima dos 70 anos. Seja por doenças pré-existentes, acidentes, problemas respiratórios durante o voo, entre outras possíveis situações, os planos para idosos costumam ser mais completos, e, com isso, mais caros. 

É possível também que surjam algumas necessidades especiais durante a viagem, como dificuldade de locomoção, realização de tratamentos específicos ou a necessidade de algum remédio. 

Por isso é tão importante tomar cuidado e escolher o seu plano com muita calma. Não importa se será pra você ou pra alguém que planeje viajar contigo, é essencial verificar todas as seguradoras que oferecem o seguro viagem para idosos, além de se atentar às coberturas oferecidas.

E para pessoas acima de 85 anos?

Atualmente, os planos costumam incluir pessoas com até 85 anos, mas isso não significa que pessoas com 86 anos ou mais não possam viajar em segurança, muito pelo contrário! O grande porém é que, quanto mais avançada for a idade do viajante, menos seguradoras terão planos para ofertar. 

Por essa razão, é bom fazer a cotação com uma comparadora de seguro de viagem como a Real. Por aqui nós comparamos planos e preços de diversas seguradoras, todas regulamentadas pela Susep.

Ao cotar em uma única seguradora, talvez você tenha dificuldades em encontrar um plano para quem tem mais de 85 anos. É necessário um pouco mais de paciência pra descobrir uma que ofereça esse serviço. Mas, se preferir, pode deixar essa parte com a gente!

Aqui na Real você encontra esse seguro, completo e de confiança. Sendo a primeira comparadora de seguros do Brasil, é nosso dever te ajudar a obter o melhor plano.

Tem alguma diferença entre os seguros nacional e internacional para idosos?

Sim! Vale muito a pena lembrar também que o seguro se torna ainda mais importante se for para uma viagem internacional. Se surgir alguma dívida e você pagá-las direto na moeda do país, os custos podem facilmente ultrapassar alguns milhares de dólares. O sistema de saúde nos Estados Unidos, por exemplo, é bem famoso pelos seus preços exagerados.

Agora, se contratar um seguro, temos planos para idosos que começam a partir de R$ 30,00 por dia, dependendo do seu destino – e ainda dá pra deixar um pouco mais barato com os nossos descontos! Bem melhor, né?

Além do aumento dos riscos durante a viagem, alguns locais também exigem um seguro pra qualquer turista que o visite. Na Europa, por exemplo, temos o Tratado de Schengen, onde os países pertencentes não só exigem um seguro mas também uma cobertura médica mínima no valor de 30 mil euros. 

Sobre as viagens nacionais, é muito importante frisarmos que, por mais que elas não lhe obriguem a contratar um seguro, as coberturas continuam sendo necessárias pra sua proteção. 

Mesmo estando perto de casa, a importância do seguro viagem nacional continua a mesma! Todas as coberturas, principalmente as médicas e hospitalares, garantirão que você tenha uma viagem tranquila e sem preocupações, mesmo que venha a acontecer algum imprevisto.

Foto de alguns aviões da American Airlines, cada um com uma pintura da bandeira dos Estados Unidos.
As viagens internacionais sempre causam uma ansiedade maior, então é importante redobrar todos os cuidados.


Quais são as coberturas indispensáveis?

Existem algumas coberturas que são obrigatórias em todos os planos, independente da idade da pessoa que vai viajar. Por exemplo, a assistência médica, hospitalar e odontológica é exigida por lei. Também é obrigatório translado de corpo, assistência em caso de morte, dentre algumas outras.

Agora, no caso de pessoas idosas, devemos nos atentar a algumas possíveis necessidades extras! Vamos conferir algumas delas:

1. Extensão médica e hospitalar

Em alguns casos, pode ser necessária alguma extensão médica ou hospitalar, como fisioterapia, ou a possibilidade de continuar um tratamento específico durante a viagem. Os planos padrão não têm a obrigação de cobrir esse tipo de despesa, então confira a apólice com muita calma antes de fechar o contrato.

Nossa recomendação é que essa cobertura seja de pelo menos 60 mil dólares. Não adianta muito escolher um seguro viagem que não vá cobrir todas as suas despesas, certo?

É muito importante que você se atente ao valor da cobertura total do seu seguro. Por mais que existam alguns planos bem mais em conta, talvez não valham tanto a pena por não oferecerem um suporte muito abrangente.

2. Doenças preexistentes

Doenças preexistentes também são imprescindíveis de se considerar. Se preocupando com isso na hora de escolher o seu seguro, há a possibilidade de conseguir cuidados ou tratamentos especiais durante a sua viagem, conforme o necessário. 

Inclusive, esse é o tipo de coisa que você deve comunicar à seguradora antes de fechar o seu contrato, independente da sua idade, para não correr o risco do seu seguro ser cancelado.

3. Cobertura farmacêutica

Na verdade, essa cobertura é importante pra qualquer pessoa! Os planos básicos não costumam incluir gastos com remédios, então considere incluir esse item extra.

Lembrando que a cobertura farmacêutica só tem validade com receita médica, então é bem provável que a seguradora não cubra seus gastos se você decidir se automedicar – mas é pra isso que temos a cobertura médica completa, é só marcar uma consulta antes de comprar qualquer remédio!

4. Acompanhamento de pessoas idosas

Outra cobertura indispensável é o acompanhamento de idosos, que geralmente inclui maiores de 75 anos. Nesse caso, se você tiver uma pessoa idosa sob sua responsabilidade, mas por algum motivo não estiver em condições de acompanhá-la durante o retorno, então é possível que outra pessoa faça isso.

A viagem de volta pode ser até o local de hospedagem ou até em casa e o seguro irá reembolsar todos os gastos, contanto que estejam dentro do valor estipulado na apólice.

Foto de uma criança sentada na orla de uma praia com seu avô.
Algumas dessas coberturas, como o acompanhamento, também têm validade para crianças. Independente de quem viaje com você, o importante é a segurança de todo mundo!


5. Problemas com voo ou bagagem

Como nem todos os problemas que podem surgir são relacionados à saúde, devemos considerar alguns outros detalhes também. Não é incomum que o voo atrase, ou seja cancelado, e menos ainda que a sua bagagem seja extraviada. Nesses casos, se a companhia aérea não se responsabilizar pelos danos, você pode contar com a seguradora!

No geral, provavelmente já existe algum plano pronto que ofereça a maior parte desses itens, e você só precisa escolher um. Mas também sempre temos a opção de verificar a possibilidade de incluir alguma cobertura específica que você precise, como no caso de alguma doença preexistente.

Você só precisa estar ciente de que nem todas as seguradoras trabalham dessa forma. Assim, é necessário se organizar muito bem e resolver isso com antecedência, de preferência bem antes do embarque.

Por isso, se precisar de algo muito específico e não estiver encontrando nos nossos planos padrões, é só entrar em contato com a gente! Nós vamos verificar qual seguradora é a melhor opção. Você pode nos mandar uma mensagem pelo WhatsApp ou ligar direto no telefone, 0800 606 6043.

Os preços realmente aumentam tanto assim?

Depende. Como as necessidades desse tipo de seguro são bem específicas, é normal, sim, que os preços aumentem. Não se espante se encontrar um plano que duplique de valor ao incluir pessoas com idade avançada.

Cada seguradora tem seus próprios parâmetros de precificação, então é difícil definir se o seguro viagem pra pessoas idosas realmente fica tão mais caro assim, principalmente porque depende da sua idade e das coberturas escolhidas. Outro fator importante é o seu destino, onde a diferença entre viagens nacionais e internacionais é considerável.

Entretanto, é totalmente possível encontrar seguros mais em conta, que não mudam tanto o seu preço, mas continuam te auxiliando em tudo o que for necessário. Descobrir a melhor opção é fácil, você só precisa realizar a cotação no nosso site!


Nós te ajudamos a escolher o melhor seguro viagem, independente das suas necessidades, e ainda temos descontos únicos que você não encontra em nenhum outro lugar. Se precisar de alguma ajuda, não esqueça de entrar em contato com a gente!

E não deixe de acompanhar o nosso Blog e nosso Instagram pra ficar por dentro das melhores dicas e novidades! Sempre se planeje muito bem e se proteja antes de embarcar. Boa viagem!

Saiba mais sobre o assunto:

Sim, é possível. Porém, quanto maior for a sua idade, menos empresas trabalharão com esse serviço. Você provavelmente encontrará algum plano que te atenda, mas os preços também serão mais caros.
É verdade que alguns cartões de crédito oferecem seguro viagem, mas nem sempre eles incluem idosos. Inclusive, muitos dos que cobrem pessoas com idade avançada não oferecem uma variedade muito grande de coberturas. Então, antes de optar por esse tipo de seguro, verifique se ele vai suprir todas as suas necessidades.
Sim! Por mais que a pandemia já esteja mais controlada, muitos países ainda exigem essa cobertura aos viajantes. Preste atenção às regras impostas pelo seu local de destino, afinal, devemos nos adequar a elas antes de entrar em qualquer território estrangeiro.