em viagem
em viagem

Jalapão: onde fica e como chegar nesse paraíso do cerrado

Provavelmente você já viu lindas imagens do Jalapão, esse paraíso natural do ecoturismo no meio do cerrado brasileiro. Mas você sabe exatamente onde fica o Jalapão, como chegar até lá e como organizar os passeios para conhecer todas as atrações?

Se não sabe, fique tranquilo que nesse artigo vamos explicar todos os detalhes. Afinal, a logística para conhecer o Jalapão não é a mais simples, mas todo esforço vale a pena para conhecer alguns dos fervedouros e cachoeiras mais lindos do Brasil. Leia e saiba tudo!


Vista aérea de fervedouro no Jalapão, Tocantins
Os fervedouros são a principal atração do Jalapão, mas há muito mais!

Onde fica o Jalapão e como chegar?

O Jalapão é uma região de 34 mil km² no extremo leste do estado do Tocantins que engloba vários municípios e várias áreas de preservação. A mais famosa é o Parque Estadual do Jalapão e as principais cidades turísticas são Novo Acordo, Ponte Alta, Mateiros e São Félix. 

Inclusive, a cidade de Mateiros é a principal cidade base para conhecer as atrações do Jalapão. Ela fica a 300 km da capital Palmas, onde fica o aeroporto mais próximo. Chegando na capital do Tocantins, siga a TO-030 até Santa Tereza do Tocantins, e depois a TO-130 até Ponte Alta.

O trajeto de Palmas até Ponte Alta é todo asfaltado, depois segue em pista de terra e areia, por isso viaje em um 4×4. Para quem vai até Mateiros, a viagem continua pela TO-255. 

Devido a essas dificuldades de acesso, é bastante recomendado que você contrate um guia com transporte a partir de Palmas. Dessa forma, você se preocupará mais em aproveitar o lugar, do que achá-lo no meio do cerrado.

Qual a melhor época para ir ao Jalapão?

Apesar do clima ser quente no Jalapão durante todo o ano, é preciso se atentar a época de chuvas. A temporada de seca começa em maio e vai até setembro e a de chuvas vai de outubro a abril.

Os meses de agosto e setembro são bem secos, por isso a vegetação não estará mais tão verde. Os meses entre maio e julho são os mais recomendados, visto que a região ainda estará verde e o clima mais agradável.


Fervedouro no Jalapão, Tocantins
Os fervedouros estão espalhados pelas cidades que formam o Jalapão. Por isso, ter um roteiro bem feito é fundamental para conhecer a região.

Quais os melhores passeios no Jalapão?

Devido a sua extensão, o Jalapão engloba diferentes tipos de passeios. Tem os fervedouros de água cristalina - onde você mergulha e não afunda -, as cachoeiras, serras, dunas, rafting, praias de rios, comunidades quilombolas e muitos mais. Por isso, talvez não seja possível visitar todos na mesma viagem.

Então, vamos te apresentar os principais passeios para que você possa organizar o seu roteiro de viagem para aproveitar o deserto das águas brasileiro da melhor forma!

1. Dunas do Jalapão

As douradas do Jalapão são um verdadeiro espetáculo. Formadas pela erosão das rochas de arenito que formam a Serra do Espírito Santo, é um dos pontos mais famosos para ver o pôr do sol.


Dunas no Jalapão, Tocantins
O pôr do sol nas Dunas Douradas do Jalapão é um espetáculo.

2. Fervedouros

Os fervedouros são nascentes de rios subterrâneos que formam piscinas naturais de água cristalina e temperatura agradável. No meio do cerrado, eles surgem como um oásis.

A água que brota tem tanta pressão que não é possível afundar nos fervedouros. São mais de 100 fervedouros, mas apenas 20 estão abertos para visitação. O preço para entrar varia entre R$ 10 e R$ 25 e em algumas vezes já está incluso no preço dos pacotes.


Fervedouro no Jalapão, Tocantins
Apesar dos fervedouros parecem ter um chão de areia, esse é, na verdade, apenas a areia que fica flutuando devido a pressão da água.

3. Cachoeira do Formiga

Reconhecida pelo intenso verde esmeralda, a Cachoeira do Formiga, no rio Formiga, é uma das quedas d'água mais famosas da região. A visita custa R$ 20,00 e, além da massagem natural da cachoeira, ainda é possível descansar e aproveitar a piscina natural que se forma depois da queda. 

É possível acampar nas proximidades, cumprindo a regra do Parque Estadual do Jalapão de não deixar qualquer espécie de lixo.

4. Prainha do Rio Novo

Um dos maiores rios de água potável do mundo, o Rio Novo forma várias praias ao longo da sua margem. A mais famosa é a prainha do Rio Novo, que fica próxima da Cachoeira da Velha. Vale lembrar que o Rio Novo é um dos melhores pontos do Jalapão para um mergulho.

5. Cachoeira da Velha

Para os amantes de aventura, na Cachoeira da Velha é possível fazer um rafting! A Cachoeira da Velha, formada pelo Rio Novo, é a maior queda do Parque Estadual do Jalapão. Ela possui 100 metros de largura e 15 metros de queda, e devido a força das águas não é possível tomar banho nela.

Há também uma plataforma de madeira para observação, mas para ver o outro lado da cachoeira, que é formada por dois arcos, é preciso fazer o rafting. A visita é gratuita e o rafting custa a partir de R$ 170,00 nas agências locais.


Cachoeira da Velha, Jalapão, Tocantins
A maior queda d'água do Jalapão guarda uma linda vista para quem se aventura no rafting. 

6. Serra do Espírito Santo

A Serra do Espírito Santo é uma formação rochosa feita de arenito. A trilha para chegar no longo e reto platô é curta, cerca de uma hora. Como é uma subida, o cansaço pode aparecer, mas logo é esquecido diante da vista recompensadora.

Muitos grupos fazem a trilha para assistir o nascer do sol antes de seguir para outros passeios da região. Depois, é possível seguir para um segundo mirante onde é possível observar as dunas. O trajeto de ida e volta até o segundo mirante é de 7 km e dura cerca de 3 horas.


Serra do Espírito Santo, Jalapão, Tocantins
A trilha até o platô da Serra do Espírito Santo permite uma vista incrível do parque e das dunas.

7. Pedra Furada

Outro ponto para ver o pôr do sol no Jalapão é a Pedra Furada. Ela fica a 35 km de Ponte Alta do Tocantins em uma propriedade particular. O acesso é gratuito e a trilha da estrada até a Pedra é bem curtinha, cerca de 5 minutos.

Para chegar ao buraco maior há mais uma pequena trilha de 10 minutos, onde é possível ver os raios de sol passando pela entrada formada pela ação dos ventos. 

8. Observar as estrelas

Uma atração gratuita, mas surpreendente, é observar as estrelas no céu do Jalapão. Como as cidades da região são bem pequenas e não trazem tanta poluição visual, é possível observar diversas constelações a olho nu.

Você pode utilizar aplicativos para encontrar a posição de cada uma. E nos dias de céu sem nuvens é possível ver até mesmo a Via Láctea. 

O que preciso saber antes de viajar para o Jalapão?

Pôr do sol no Jalapão, Tocantins
Aproveite o passeio no Jalapão para se desconectar e curtir a natureza!

O Jalapão é um dos maiores blocos de vegetação nativa remanescentes no Brasil e, por isso, ocupa uma vasta área. Além disso, é distante dos centros urbanos e a maioria das estradas que ligam os pontos turísticos são de terra.

Apesar de muitos preferirem fazer passeios por conta, no caso do Jalapão recomendamos a contratação de uma agência ou guia. Eles facilitarão os acessos, saberão os melhores horários e será mais fácil conhecer mais de uma atração no mesmo dia.

Lembrando que não há transporte público entre as atrações e a cobertura de internet é limitada. Há diversas agências, com variados preços e pacotes, e você poderá contar com o apoio de pessoas que conhecem a região.

Você encontrará pacotes de 2 a 7 dias, em média, mas com 5 dias completos você conseguirá conhecer os principais destinos sem correria. Não espere grandes redes de hotéis ou pousadas de luxo, mas há várias opções de hospedagem confortáveis, e muitos campings caso queira conhecer a região mais próximo da natureza.

Como dito, o sinal de telefone e internet é escasso, por isso, deixe os pagamentos combinados antes de sair de Palmas, para evitar transtornos. Aproveite esse momento para se desconectar e usufruir ao máximo todas as belezas do Jalapão.

E nossa última, mas não menos importante dica, é sobre o seguro viagem. O Jalapão é um destino isolado, onde os principais atrativos são os naturais. É um destino de ecoturismo e aventura, por isso, ter uma boa cobertura é essencial. Lógico que ninguém nunca espera que algo possa acontecer, mas devemos estar preparados para eventuais imprevistos, de forma que eles não afetem negativamente a viagem.

Contando com a Real você consegue os menores preços para os melhores pacotes de seguro viagem para o Jalapão. Basta clicar e colocar os dias da sua viagem:

Lembrando que a Real é a primeira comparadora de seguro viagem do Brasil e tem uma equipe especializada para te ajudar a escolher o melhor plano para sua viagem. Entre em contato conosco pelo Whats e tire suas dúvidas! E se quiser entender melhor o seguro viagem, acesse nosso artigo sobre a importância do Seguro Viagem Nacional e acompanhe nosso Instagram!

Imagem de Perfil do autor

Redatora e viajante de carteirinha, vive buscando novas aventuras na sua cidade e fora dela!