Como funciona o seguro viagens internacionais?

O seguro viagens internacionais é um documento muito importante durante a sua viagem para fora do Brasil. Não importa qual seja o seu destino, é sempre bom ter um seguro para deixar o seu passeio protegido e te dar segurança.

Muita gente, no entanto, não sabe como funciona o seguro de viagem e acaba deixando de contratar por falta de informação, ou mesmo porque não entende a sua importância. Por isso, precisamos mostrar a você como isso é essencial.

Então, neste artigo você vai encontrar todos os detalhes sobre o seguro viagens internacionais, vai entender como ele funciona, como contratar, como acionar, por que ele é importante e muito mais. Boa leitura!

O que é o seguro viagens internacionais?

O seguro viagens internacionais é um documento que representa o contrato entre o viajante e uma seguradora.

A função da seguradora é reembolsar o viajante, de acordo com os termos do contrato, quando ocorrer algum imprevisto ou emergência e ele precisar arcar com as despesas do atendimento.

A seguradora também pode indicar os lugares em que o cliente será melhor atendido, ou mesmo as empresas que possuem convênio com ela. Além disso, o atendimento é feito em português, o que ajuda se você está em um país de cultura muito diferente.

Essa ajuda que a seguradora oferece pode ser em relação a vários imprevistos, como extravio de bagagem, emergências médicas, segunda via de documentos, fiança, funeral, etc. Basicamente, tudo o que você pode acabar se deparando com em uma viagem ao exterior.

Para contratar o seguro viagens internacionais, você precisa entrar em contato com a seguradora e, normalmente, o processo é feito online ou na agência física. Depois, se precisar acionar, basta usar o número da central de atendimento informado no momento da contratação.

Por que fazer um seguro viagens internacionais?

O seguro viagens internacionais é muito importante e pode, muitas vezes, salvar a sua vida. Mas nem precisamos ir tão longe.

Imagine que você está na Inglaterra e teve uma crise alérgica, e vai precisar ser internado ou receber medicamentos caros. Todo esse processo pode custar mais de 30 mil euros.

Mesmo se você tiver uma febre leve e precisar de um clínico geral, o valor cobrado já será maior do que o você gastaria com o seguro de viagem.

Isso também serve para malas extraviadas, documentos perdidos, atendimento médico para gestantes, roubo de objetos pessoais, cancelamento de viagem e todos esses fatores que geram gastos.

Por isso, se você quer um passeio protegido e tranquilo, você vai precisar de um seguro viagens internacionais.

Dicas para contratar um seguro viagens internacionais

Por fim, contratar um seguro pode ser complicado para muita gente, mas na realidade é bem simples e nem demora tanto. Veja, a seguir, algumas dicas que podem ajudar na hora de pedir o seu seguro viagens internacionais:

  1. Faça uma cotação através de um site online de comparações para encontrar o melhor custo-benefício;
  2. Pesquise sobre a seguradora e busque avaliações sobre ela para ter certeza de que é confiável;
  3. Defina quais coberturas serão mais importantes de acordo com o seu tipo de viagem para economizar e não comprar um plano exagerado;
  4. Procure saber se o seu cartão de crédito oferece um serviço de seguro viagem gratuito;
  5. Contrate o seguro online, através do site da seguradora escolhida. É só preencher os formulários e seguir o passo a passo intuitivo até o pagamento.

Conclusão

Portanto, o seguro viagens internacionais é muito importante e pode ser uma grande ajuda quando os imprevistos acontecerem. Se você é do tipo que prefere se prevenir do que remediar, não deixe de adquirir o seu.